Trav. Elaine Sanceau, 27 - 3º Esq. 4465-620 Leça do Balio Portugal

+351 91 815 24 79

geral@apedt.pt

Dia Mundial do Rim 2024

Saúde renal para todos

Promover o acesso equitativo aos cuidados de saúde e a prática otimizada da medicação.

Estima-se que a doença renal crônica (DRC) afete mais de 850 milhões de pessoas em todo o mundo e resultou em mais de 3,1 milhões de mortes em 2019. Atualmente, a doença renal classifica-se como o 8ª principal causa de morte e, se não for tratada, projeta-se que seja a 5ª principal causa de anos de vida perdidos até 2040.

Nas últimas três décadas, os esforços de tratamento da DRC centraram-se na preparação e administração de terapias de substituição renal. No entanto, novos avanços terapêuticos oferecem oportunidades sem precedentes para prevenir ou retardar a doença e mitigar complicações como doença cardiovascular e insuficiência renal, prolongando a qualidade e a quantidade de vida das pessoas que vivem com DRC.

Embora essas novas terapias devam ser universalmente acessíveis a todos os doentes, em todos os países e ambientes, barreiras como a falta de consciencialização sobre a DRC, conhecimento insuficiente ou confiança com novas estratégias terapêuticas, escassez de especialistas renais e custos de tratamento contribuem para profundas disparidades no acesso a tratamentos, particularmente em países de baixos rendimentos, mas também em alguns ambientes com altos rendimentos. Essas iniquidades enfatizam a necessidade de mudar o foco para a consciencialização da DRC e capacitação da força de trabalho em saúde.

Alcançar o cuidado renal ideal requer superar barreiras em vários níveis, considerando as diferenças contextuais entre as regiões do mundo. Estes incluem lacunas no diagnóstico precoce, falta de cobertura universal de saúde ou seguro, baixa consciencialização entre os profissionais de saúde e desafios para o custo e acessibilidade dos medicamentos. Uma estratégia multifacetada é necessária para salvar rins, corações e vidas.

Deixe um comentário